No cotidiano a paisagem se move, cenário de memórias afetivas descartáveis. Muros se elevam esvaziando a paisagem banindo a vida nativa asfixiada pelo asfalto.
Uma ideia de extinção pegando fogo colore o ar de rubro anunciando o funeral da diversidade socioambiental, resultante da modernidade desenvolvimentista.
Os campos invisíveis resistem aguardando que a barragem, que mantém o status quo, se rompa libertando a ética na consciência planetária.
A série “Campos invisíveis”, com estética de lambe-lambe, se apresenta em campo expandido em multimídia, através de QR codes colocados em cada imagem que levará o expectador, através de aplicativos em smartphones, a outras experiências 
O FUTURO É UM BURACO NO MURO - "Auto-Vídeo Performance"
Vídeo performance da série "Campos Invisíveis" que investiga a percepção do deslocamento do tempo e da realidade interna e externa ao ser humano.
THE FUTURE IS A HOLE IN THE WALL
Video performance of the series "Invisible Fields" that investigates the perception of the displacement of time and the internal and external reality to the human being.
PERFORMANCE SILÊNCIO CERRADO
Auto-vídeo" performance da série "Campos Invisíveis" que investiga a percepção do deslocamento do tempo e da realidade interna e externa ao ser humano.
SILENCE SAVANNAH PERFORMANC
Auto-video performance of the series "Invisible Fields" that investigates the perception of the displacement of time and the internal and external reality to the human being.

POETRY ON THE LEAF
GALL
ADDICTION
EMPTY
RAZOR
BRIDGE
FURNACE
FUNERAL
WIND
CARNIVAL
ÁUDIO PERFORMANCE "PAISAGEM RUBRA"
AUDIO PERFORMANCE LANDSCAPE RUBRA

You may also like

Back to Top